Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, JUNDIAI, Homem, de 36 a 45 anos, Animais, Informática e Internet



Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Link
 Citação


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Receita Federal
 Ô di casa Café


 
SAUDE FINANCEIRA - (11) 8765-4180


VOCE JA CONHECE O TRATAMENTO FINANCEIRO DE PEDRO BRAGGIO? Baseado no MPB - METODO PEDRO BRAGGIO DE EDUCAÇÃO E PLANEJAMENTO FINANCEIRO FAMILIAR E EMPRESARIAL. Se você quiser conhecer, sem compromisso, entre em contato para agendarmos uma CONSULTA presencial ou online. CUIDE BEM DE SUA SAUDE FINANCEIRA E PROGRAME SEU FUTURO FINANCEIRO DE MANEIRA SIMPLES E EFICAZ... educador@pedrobraggio.com.br (11) 9 8765-4180 - TIM (11) 9 6194-4006 - VIVO (11) 4582-5498 - CONSULTORIO FINANCEIRO Abraços, ótimo final de semana para todos!!!!

Escrito por Pedro Luiz Braggio às 13h36
[] [envie esta mensagem] [ ]



 
 

"CURSO COM PEDRO BRAGGIO"

Buscar na Web ""



Categoria: Citação
Escrito por Pedro Luiz Braggio às 11h19
[] [envie esta mensagem] [ ]



 
 


Categoria: Link
Escrito por Pedro Luiz Braggio às 11h12
[] [envie esta mensagem] [ ]





Escrito por Pedro Luiz Braggio às 22h21
[] [envie esta mensagem] [ ]





Escrito por Pedro Luiz Braggio às 16h42
[] [envie esta mensagem] [ ]



 

OBESIDADE FINANCEIRA

 

 

 

 

Por Pedro Braggio

Educador e Planejador Financeiro de Empresas e Famílias

 

Hoje em dia é muito comum encontrarmos artigos e reportagens sobre a obesidade. O que fazer para tornar-se Magro e ter uma vida mais sadia? Muitas fórmulas circulam pelas mídias, mas como dizem os mais maduros e “experientes”: Feche a boca! Não quero ser extremista, mas na realidade muitos dos problemas da obesidade vêm da falta de informação e principalmente da AÇÃO. Infelizmente mais da metade da população está endividada e a única saída é: Perceber a REAL situação e agir para reverter ou, ao menos amenizar, os dilemas financeiros. O Obeso jura que não come muito, diz que “nem o café da manhã costuma tomar direito”, porém ele por descuido ou para não se sentir tão culpado, deixa de registrar os alimentos que costuma levar à boca. O endividado, guardada as devidas proporções, também vive a mesma situação: Diz que não gasta, mas o salário nunca consegue suprir suas necessidades básicas. Você já parou para pensar o quanto gasta e não “registra” tais acontecimentos? De nada vale dizer que não come e está engordando. Se você não está conseguindo pagar as suas contas é porque anda comprando mais do que deveria. Monitore seus gastos (desde uma agulha até o financiamento de sua casa própria), faça um diário e dê uma olhada no final do mês porque você está “engordando” tanto. Tenho a certeza de que terá grandes surpresas (talvez não agradáveis). Somente assim poderá dar um rumo certo ao seu dinheiro. Receber aumento de salário é sempre muito bom, mas tenha a garantia de que se não administrá-lo escorregará de suas mãos e você continuará sonhando com a sua próxima promoção. Coloque uma meta para essa semana: Conscientização e ação.



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 13h09
[] [envie esta mensagem] [ ]



Você quer um 2013 com Saúde Financeira?

 

Todo ano acontece da mesma forma: O final de ano chega e a motivação e estímulo para melhorar a vida financeira aumenta. Isso é muito bom e significa inovação, renovação e vontade de ter mais Prosperidade Financeira. Todas as pessoas querem ter uma boa saúde financeira e gozar dos prazeres e das coisas boas que a vida nos oferece. Mas por que vários indivíduos têm a ideia de iniciar um planejamento financeiro para o inicio do ano e muitas vezes não conseguem?

Hoje em dia temos várias informações sobre Educação Financeira: Modelos de Planilhas eletrônicas via internet, artigos de como gastar melhor o dinheiro etc. Porém, é necessário que as pessoas entendam que mudar de vida financeira requer comprometimento e metodologia.

Há muitos anos criei uma Metodologia de Educação Financeira e isso vem auxiliando muitas pessoas no processo de Prosperidade Financeira. Essa Metodologia foi criada com bases sólidas em experiências que obtive durante muitos anos encontrando pessoas que queriam muito sair do vermelho ou começar a ter Paz com suas finanças.

Dezembro é o mês das compras e eu acho muito justo e interessante comprar, presentear as pessoas que amamos, enfim, ter um final de ano renovador e com muita motivação para iniciar o novo ano, porém devemos ter alguns cuidados para não nos atrapalharmos com as finanças.

Como presentear sem gastar muito dinheiro? Antes de tudo, precisamos analisar a seguinte frase: Dinheiro/Presente não é sinônimo de Amor, Carinho e amizade. Infelizmente aprendemos que se temos muita consideração por uma pessoa precisamos dar um presente mais caro e se temos apenas a “obrigação” de presentear alguém compramos algo mais barato, uma lembrancinha.

O presente tem que ser uma lembrança seja para um amigo ou colega, por isso na época de Natal vamos começar a repensar sobre isso e gastar com mais consciência e de maneira mais racional.  Uma dica importante é: Quando sair de casa para comprar os presentes de Natal saiba qual será a verba para cada presente. Cuidado para não utilizar parcelamento para comprar os presentes, ou seja, utilize o dinheiro que você tem e caso esteja com pouco dinheiro, faça de acordo com as suas possibilidades financeiras.

Não esqueça que Janeiro é o mês dos Impostos, por isso seria bastante interessante deixar um dinheirinho guardado para quitar essas despesas e não deixar que esse mês seja um mês difícil e estressante. Se você não conseguir guardar todo o dinheiro para quitar os impostos tenha pelo menos em mãos uma valor que possa contribuir para “aliviar” na hora de pagar as contas do mês.

Se você não tem a oportunidade esse ano de aproveitar os conselhos que lhe dei, não se preocupe, vá devagar, mas reflita sobre tudo isso para que no final do ano novo já esteja em outras condições e possa ficar mais feliz com a sua situação financeira.

Mas como fazer para ter um final de ano e um ano novo com Prosperidade Financeira?

Primeiro: Tenha um Orçamento Financeiro;

Segundo: Conscientize-se que a Saúde financeira tem que fazer parte da sua vida assim como a saúde física e mental;

Terceiro: Utilize de uma metodologia para obter saúde financeira, ou seja, cuidado com muitas informações sobre educação financeira, adote o que mais tem o seu perfil e vá em frente;

Com a Metodologia da Educação Financeira (que tem que ser simples e eficaz) a vida das pessoas muda e a felicidade volta a reinar em casa, na empresa, enfim, na sociedade. Muitos colaboradores das empresas não conseguem produzir como deveriam por causa de suas dificuldades financeiras, muitos casais se separam por conta da falta de administração do dinheiro. Precisamos mudar essa situação inserindo na vida a Educação Financeira que com sua vez fará com que as empresas cresçam, as famílias prosperem e que as pessoas fiquem mais felizes e menos preocupadas com a falta de dinheiro.

As empresas estão cuidando de seus colaboradores, as famílias estão se preocupando com o futuro de seus filhos, por isso faça a sua parte e obtenha mais Saúde Financeira.

Pense, repense e faça diferente.

Quero que você tenha saúde financeira e que seja feliz com suas finanças.

Feliz Natal e um 2013 com muita prosperidade e saúde!

Pedro Braggio

Educador Financeiro

WWW.pedrobraggio.com.br

educador@pedrobraggio.com.br

 

(11) 9 8765-4180 - TIM

(11) 9 6194-4006 - VIVO

(11) 4582-5498 - Consultório



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 17h00
[] [envie esta mensagem] [ ]





Escrito por Pedro Luiz Braggio às 18h22
[] [envie esta mensagem] [ ]



COMO MUDAR DE PADRÃO DE VIDA FINANCEIRA?

 

“Sempre tive um bom salário, mas nunca controlei o meu dinheiro. Atualmente estou com sérios problemas financeiros. O que devo fazer?”

Guilherme Luiz, 28 anos

 

Infelizmente é muito comum encontrar pessoas com esse tipo de problema. Sempre digo que é mais importante administrar o dinheiro a receber altos salários. Nunca é tarde para começar, por isso agora é a hora de anotar todas as suas despesas e dívidas. Não seria novidade dizer que você já jogou muito dinheiro no lixo com juros, mas não é o momento para chorar o “leite derramado” e sim a hora de AGIR. A partir de hoje, anote todas as suas despesas. No final do mês some tudo o que gastou, agrupe-as em classes ( alimentação, saúde, moradia etc.) e descubra para onde está indo o seu tão suado dinheiro. Feito isso dê limites para cada tipo de despesas e fique de olho para não ultrapassar o valor estipulado. Difícil? Sim, no começo será meio chato e trabalhoso, mas depois você se acostumará e o melhor: Conseguirá destinar o seu dinheiro em coisas que realmente merecem a devida atenção, terá condições de poupar, pagar as suas dividas e com o tempo até planejar a tão sonhada viagem.

 

“Sempre paguei o meu cartão de crédito pelo valor mínimo. O meu saldo devedor está enorme e estou ficando muito preocupado. O que devo fazer para tirar esse “fantasma de minha vida”?”

Beatriz, 47 anos

 

O principal vilão de você estar com dívidas é a falta de controle e planejamento. Inserir em sua vida um orçamento doméstico seria muito interessante. Se você é do tipo de pessoa que não pode ter um cartão de crédito que já começa a gastar, elimine-o e estanque o problema agora mesmo. Quebrar o cartão de crédito? Sim, isso mesmo. Claro que seria mais inteligente aprender a utilizá-lo de maneira correta, mas se ainda não for possível, se ainda não está maduro para gastar consciente, use esse artifício e proteja-se. Quanto ao alto valor do saldo devedor, tente uma negociação da dívida, não tenha medo de dizer a seu credor que não está em condições de quitar a dívida e peça maior prazo e/ou menor juros. Mas nunca se comprometa com pagamentos futuros se ainda não tiver a certeza de que conseguira honrá-los.

 

“Sou casado há mais de 15 anos e sempre tivemos problemas financeiros. Minha esposa diz que nunca conseguiremos atingir nossas metas e quer a separação. Ainda existe tempo para reverter essa situação?”

Luiz Rogério, 43 anos

 

Claro que sempre existe uma maneira de resolver o problema. O diálogo entre vocês deve estar precário, principalmente quando o assunto é dinheiro. Metas e objetivos devem ser planejados com os pés no chão e acho que vocês nunca fizeram isso de fato. A partir de agora, coloquem na mesa todos os seus problemas financeiros, discuta sobre eventuais maneiras de sobrar mais dinheiro e somente depois de tudo muito bem conversado definam metas. Definir metas, auditar resultados, corrigir e readequar eventuais falhas são fundamentais para obter o resultado esperado. É um trabalho para a vida toda por isso, não tenha pressa e não perca a paciência, evite brigas e “caras feias”, seja maduro o suficiente para conversar sobre as finanças da família com coragem, determinação e bom humor.

 

Pedro Braggio

Educador Financeiro – Palestrante

(11) 8765-4180

(11) 4582-5498

educador@pedrobraggio.com.br

 



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 14h41
[] [envie esta mensagem] [ ]



Prosperidade em 2012

 

Prosperidade é uma palavra muito falada principalmente no final do ano. Como alcançar a prosperidade financeira? Não fique apenas desejando ser próspero não basta apenas ter muita vontade de progredir e realizar os seus sonhos. Planeje-se, crie regras para as suas finanças, atinja suas metas e tenha realmente a prosperidade tão sonhada. Plante a semente da prosperidade e colha tranqüilidade e harmonia financeira. Faça de 2012 um ano diferente e seja mais feliz..

 

Cuidado com as liquidações de janeiro

 

Janeiro é o mês das liquidações, fique atento para não cair nessa armadilha. Compre somente se você realmente precisar, não compre apenas por que “ está mais barato”. Não esqueça de que o mês também será marcado por Imposto Predial, IPTU, uniformes das crianças e materiais escolares. Use o método da prioridade.

 

Aprenda a ter sempre uma reserva financeira

 

Já ouviu aquela famosa frase “quem guarda tem”? Você já precisou de dinheiro e não tinha nenhuma reserva para “apelar”? A vida é cheia de surpresas, por isso crie o hábito de sempre guardar um dinheirinho para uma eventual “dor de barriga”. Não fique a mercê dos juros abusivos provenientes dos empréstimos.

 

Sacrifício sem dor

 

 

 

Infelizmente ou felizmente não podemos ter tudo, por isso muitas vezes precisamos “sacrificar” alguma coisa para conquistar outra. É mais importante deixar de comprar outro televisor ou usar o dinheiro para comprar os materiais escolares para o seu filho? “Sacrifique” algo com justiça e sanidade.

 

Planejamento é o que interessa

 

Você já sabe o que vai fazer para que o ano novo seja mais próspero? Somente com o planejamento conseguirá atingir seus objetivos. Pegue um caderno e um lápis, faça um orçamento doméstico simples e objetivo. O que devo fazer em 2012? O que economizar, onde investir, como evitar o desconforto financeiro?

 

Presente para o futuro

 

Você tem medo do futuro? O que você está fazendo para que não se concretize o mal que te atormenta? O futuro depende do presente, por isso assuma o controle da sua vida, viva o presente da melhor maneira, e garanta um futuro melhor. Usufrua da melhor forma o presente mas não esqueça do futuro.

 

Pense antes de comprar

Cuide bem do seu dinheiro, não fique gastando dinheiro com coisas que não agregam valor a sua vida. Se tiver dúvidas quanto à compra de algo, namore o produto, visite-o periodicamente, mas somente o adquira quando realmente tiver a total certeza de que não desperdiçará o seu dinheiro. Gaste consciente.

Por Pedro Luiz Braggio

Educador e Consultor Financeiro

(11) 8765-4180



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 13h21
[] [envie esta mensagem] [ ]



Como poupar se nunca sobra dinheiro?

 

“Trabalhei durante três anos na mesma empresa. Nunca me preocupei em poupar dinheiro, mas a crise chegou e eu fui demitida. Agora estou desesperada, tenho contas para pagar e muitas dívidas...”

 

Maria Alice, 31anos

 

O problema é realmente muito sério. As pessoas deveriam poupar todo mês pelo menos dez por cento do salário, mas isso infelizmente não acontece na maioria das vezes. Trabalhamos apenas para pagar as contas do mês e não temos muita preocupação com o futuro. Acredito que no seu caso tenha que começar revendo seus gastos mensais. Elimine todas as despesas desnecessárias e coloque-as em prioridade. Não é fácil, mas será necessário para a coisa não se avolumar. E nunca se esqueça: Aluguel, conta de energia, água e alimentação têm prioridade em seu orçamento doméstico, eles deverão estar em primeiro lugar na sua lista. Quanto as suas dívidas, tenha em mãos uma relação de todas as contas atrasadas, negocie ou renegocie novos prazos e juros, mas não assuma compromissos antes de conseguir um novo trabalho. Aproveite o momento para reavaliar suas atitudes e comportamentos com relação ao dinheiro. Desejo a você boa sorte e muita reflexão!

 

 

 

“Trabalho desde os 18 anos de idade, mas nunca consegui fazer a minha tão sonhada faculdade. Meus colegas de trabalho já concluíram o ensino superior e têm um salário melhor. Será que vale a pena investir agora em educação?”

Afonso, 30 anos

 

Investir em educação é e sempre será um bom negócio. É muito triste saber que além de você não ter conseguido ainda realizar o seu sonho, corre sérios riscos de até perder o emprego. Você sabe muito bem que pessoas bem informadas, criativas e com maior conhecimento vencem a batalha no mercado de trabalho. Não quero te assustar, mas tenho a certeza de que se hoje for demitido de sua empresa, terá sérios problemas para encontrar um novo emprego. Se você já tem todas essas informações e comprovações, basta agir. Investir em educação oferece vários benefícios: melhora a auto-estima, aumenta a rede de contatos, cria oportunidades até de conseguir um novo emprego e o prepara melhor para o mercado de trabalho. Nunca é tarde para recomeçar, organize-se financeiramente e inicie mais uma etapa em sua vida. Eu posso afirmar, você não vai se arrepender!

 

 

“...Adoro viver na moda, freqüentar baladas, enfim, curtir a vida. Meu salário já não está conseguindo suprir minhas necessidades. Estou usando o  meu cartão de crédito, mas sei que não vou conseguir pagar a fatura...?”

 

Juliana Cristina, 24 anos

 

 

Claro que todo mundo gostaria de ganhar muito dinheiro, comprar um monte de coisa legal, viajar e não se preocupar com a grana, porém a realidade é outra. Se você gosta de sair todos os finais de  semana, gastar com roupas da moda, trocar regularmente de aparelho celular e “curtir a vida”, precisa ficar atenta para não ter maiores complicações. Você ainda é nova, mas precisa aprender a administrar melhor o seu dinheiro. Antes de comprar outra roupa ou sapato pense “Será que eu necessito mesmo?” Roupas e assessórios podem ser adquiridos em inúmeros estabelecimentos, crie o habito de procurar o mais barato. Convide seus amigos para, às vezes,  comer pizza e assistir um filme na sua casa. Aprenda que não existe uma relação entre dinheiro e satisfação. Coisas simples também podem nos trazer alegrias, diversões e realizações.

 

Pedro Braggio

Educador Financeiro – Palestrante

(11) 8765-4180

(11) 4582-5498

educador@pedrobraggio.com.br



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 07h57
[] [envie esta mensagem] [ ]



 



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 13h04
[] [envie esta mensagem] [ ]



Prosperidade em 2012

Prosperidade é uma palavra muito falada principalmente no final do ano. Como alcançar a prosperidade financeira? Não fique apenas desejando ser próspero não basta apenas ter muita vontade de progredir e realizar os seus sonhos. Planeje-se, crie regras para as suas finanças, atinja suas metas e tenha realmente a prosperidade tão sonhada. Plante a semente da prosperidade e colha tranqüilidade e harmonia financeira. Faça de 2012 um ano diferente e seja mais feliz..

Cuidado com as liquidações de janeiro

Janeiro é o mês das liquidações, fique atento para não cair nessa armadilha. Compre somente se você realmente precisar, não compre apenas por que “ está mais barato”. Não esqueça de que o mês também será marcado por Imposto Predial, IPTU, uniformes das crianças e materiais escolares. Use o método da prioridade.

Aprenda a ter sempre uma reserva financeira

Já ouviu aquela famosa frase “quem guarda tem”? Você já precisou de dinheiro e não tinha nenhuma reserva para “apelar”? A vida é cheia de surpresas, por isso crie o hábito de sempre guardar um dinheirinho para uma eventual “dor de barriga”. Não fique a mercê dos juros abusivos provenientes dos empréstimos.

Sacrifício sem dor

 

 

Infelizmente ou felizmente não podemos ter tudo, por isso muitas vezes precisamos “sacrificar” alguma coisa para conquistar outra. É mais importante deixar de comprar outro televisor ou usar o dinheiro para comprar os materiais escolares para o seu filho? “Sacrifique” algo com justiça e sanidade.

Planejamento é o que interessa

Você já sabe o que vai fazer para que o ano novo seja mais próspero? Somente com o planejamento conseguirá atingir seus objetivos. Pegue um caderno e um lápis, faça um orçamento doméstico simples e objetivo. O que devo fazer em 2012? O que economizar, onde investir, como evitar o desconforto financeiro?

Presente para o futuro

Você tem medo do futuro? O que você está fazendo para que não se concretize o mal que te atormenta? O futuro depende do presente, por isso assuma o controle da sua vida, viva o presente da melhor maneira, e garanta um futuro melhor. Usufrua da melhor forma o presente mas não esqueça do futuro.

Pense antes de comprar

Cuide bem do seu dinheiro, não fique gastando dinheiro com coisas que não agregam valor a sua vida. Se tiver dúvidas quanto à compra de algo, namore o produto, visite-o periodicamente, mas somente o adquira quando realmente tiver a total certeza de que não desperdiçará o seu dinheiro. Gaste consciente.

Por Pedro Luiz Braggio

Agende uma Consulta Financeira Cortesia para conhecer melhor o "Tratamento Financeiro"

(11) 8765-4180

(11) 4582-5498

educador@pedrobraggio.com.br



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 09h55
[] [envie esta mensagem] [ ]



GRUPO DE APOIO FINANCEIRO COM PEDRO BRAGGIO AUXILIA FUNCIONARIOS

Entre e confira:  

 

http://www.youtube.com/watch?v=_xUMwso6xhU&feature=youtu.be

 

Pedro Braggio, Educador Financeiro, realiza encontros com grupos de funcionários para falar e discutir sobre o tema Educação Financeira/ Orçamento Doméstico.
Os colaboradores trocam informações , aprendem a lidar melhor com o dinheiro e o educador financeiro, além de coordenar o trabalho do grupo deixa no final de cada encontro alguns "deveres de casa".
O resultado é maravilhoso, pois a união faz a força e os resultados são visíveis dentro e fora da empresa.

Se você quer conhecer esse trabalho e inserí-lo na sua empresa, entre em contato.

Pedro Braggio
Educador Financeiro
(11) 8765-4180 ou (11) 4582-5498
educador@pedrobraggio.com.br
www.pedrobraggio.com.br



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 17h48
[] [envie esta mensagem] [ ]



Sabedoria

Você precisa saber

 

 

A conscientização é o melhor negócio quando falamos em finanças pessoais. Muita coisa você já ouviu e até conhece, mas porque não as coloca em prática? Você tentou e desistiu, “...muito trabalho para fazer isso..”. O treinamento é importante para todas as áreas da vida e não poderia ser diferente para o campo financeiro. Se tiver calma e equilíbrio conseguira obter resultados positivos. A família terá que ser a grande aliada. Comece agora mesmo!

 

 

Moedas

 

 

O movimento da moeda

 

 

Quando você guarda as moedas gera um fenômeno que damos o nome de “entesouramento”. Você já precisou trocar notas por moedas para utilizar no parquímetro e não conseguiu ajuda? Sim. O comércio é um dos melhores indicadores dessa situação. Não retenha moedas, faça com que elas circulem na nossa economia.

 

 

 

Despesas

 

Correntes e Ocasionais

 

 

Podemos destacar dois tipos de despesas: Correntes e ocasionais. Quando você fizer o seu orçamento doméstico terá que incluir os dois tipos. Como saber quais serão as despesas ocasionais? O remédio de seu cachorro, o livro que a escola de seu filho pede eventualmente, a compra de ovos de Páscoa e presentes de Natal.

 

Orçamento

 

 

 

Vantagens do Orçamento Doméstico

 

 

São inúmeras as vantagens da realização de um orçamento doméstico. Posso destacar: controlar as despesas mensais, direcionar o dinheiro para bons investimentos, criar metas de consumo ou lazer e viver mais tranqüilo sem o fantasma das “dividas”. Se você está com problemas financeiros é porque não está aproveitando dessa ferramenta.

 

 

Poupança

 

Quem guarda tem!

 

Muitas pessoas dizem que é impossível guardar dinheiro. Existem inúmeras formas de conseguir obter essa poupança como, por exemplo: Se você tem o hábito de todos os dias tomar um refrigerante gasta aproximadamente R$ 60,00 ao mês. Que tal diminuir esse consumo e guardar o dinheiro restante. Você consegue, tenho certeza!

 

 

 

Crédito

Dinheiro Fácil

 

 

Não acredite em dinheiro fácil, isso não existe. Os oportunistas aproveitam o descontrole financeiro das pessoas e oferecem dinheiro rápido com juros exorbitantes.  Se você está com problemas financeiros e necessita realmente de um empréstimo, busque alternativas mais baratas como empréstimo pessoal ou consignado.

 

 

 

Parcelas

Valor da Parcela & quantidade Parcelas

 

É comum encontrarmos pessoas que compram mercadorias a prazo. Mas o pior ainda é que não se atentam ao valor dos juros que acabam assumindo. Olhar apenas o valor da parcela mensal é um problema muito serio, pois você acha que vai dar para pagar, mas depois juntando com outras despesas a coisa fica feia.

Por Pedro Braggio



Escrito por Pedro Luiz Braggio às 11h47
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]